Boletim sobre atendimentos nos pronto socorros dos hospitais públicos em Chapecó nas últimas 24 horas

Boletim sobre atendimentos nos pronto socorros dos hospitais públicos em Chapecó nas últimas 24 horas

Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, entidade filantrópica que administra o Hospital Regional do Oeste, e, Hospital da Criança, ambos em Chapecó, informa a seguir, a situação das emergências nas duas unidades entre as 17 horas de quarta dia 05, até as 17 horas desta quinta 06 de fevereiro. O total de pacientes atendidos nas últimas 24 horas em ambos pronto socorros foi de 857 pessoas, perfazendo em média 35,7 pessoas atendidas por hora. Em ambos pronto socorros dos hospitais, a prioridade dos atendimentos tem como base a gravidade dos casos. A partir da classificação de risco que é feita em cada paciente que chega, é dado fluxo interno do pronto socorro através de equipe médica e corpo de enfermagem especializado na unidade. Entre as maiores queixas apresentadas pelas pessoas que procuram atendimento médico hospitalar no pronto socorro do Hospital Regional do Oeste estão: quadros de dores abdominais, diarreia, vômito, dores musculares, embriaguês, dores de cabeça, entre outros.

Até o final desta tarde, a emergência do Hospital Regional do Oeste (HRO), havia atendido nas últimas 24 horas 726 pessoas. Destas, apenas quatro eram vítimas de acidente de trânsito, e duas foram levadas ao pronto socorro do HRO apresentando ferimentos por agressão. Já o quadro geral de internados no HRO em Chapecó é de 262 pacientes, para um total de 293 leitos disponíveis. A taxa de ocupação geral no HRO até às 17 horas desta quinta 06, é de 89%. Na UTI Geral havia 13 pacientes recebendo atendimento intensivo, de um total de 16 leitos, perfazendo uma taxa de ocupação na UTI Geral de 81%. Por outro lado na UTI Neonatal 11 neonatos recebem atendimento intensivo, de um total de 12 leitos naquela unidade, perfazendo 92% a taxa de ocupação na UTI Neonatal.

Por outro lado, no Hospital da Criança (HC) havia até o fechamento destas informações naquele pronto atendimento, sete pacientes em observação. Na sala de espera para consulta havia dois crianças devidamente acompanhadas por pais ou responsáveis. Somente nas últimas 24 horas foram atendidos no HC 131 pacientes pediátricos, entre a faixa etária de zero a 12 anos, 11 meses e 29 dias. O quadro geral de pacientes internados no HC estão oito crianças, de um total de 31 leitos disponíveis. Maiores queixas apresentadas por crianças atendidas no pronto atendimento do HC estão: quadros de diarréia, vômito e dores abdominais.

Em ambas unidades hospitalares de Chapecó, 98% dos casos que chegaram buscando atendimento na emergência eram ambulatoriais, ou seja: pessoas em situações que não representavam risco de morte ou urgente necessidade de atendimento emergencial médico hospitalar.

Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, entidade filantrópica que administra Hospital Regional do Oeste, e, Hospital da Criança em Chapecó pede atenção da comunidade, para que, quando necessitarem de serviços hospitalares via pronto socorro tanto no HRO como no HC, devem apresentar documento de identidade e cartão nacional do SUS.

  • COMPARTILHAR