Hospital da Criança é beneficiado com doações de instituições paramaçônicas

Hospital da Criança é beneficiado com doações de instituições paramaçônicas

Jovens integrantes das instituições paramaçônicas, Ordem DeMolay, capítulo 252 com sede em Chapecó e, da Ordem Internacional das Filhas de Jó efetuaram doações com mais de sete mil itens de higiene pessoal e fraldas para o Hospital da Criança (HC) de Chapecó.

Administrado pela Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), o HC atende em média 250 crianças no pronto socorro. De acordo com o administrador do HC, Marcos Neres, as doações tiveram também apoio financeiro da loja maçônica Fraternidade Chapecoense nº 63, do próprio capitulo 252 da Ordem DeMolay e também da Ordem Internacional das Filhas de Jó.

“Estas doações são muito importantes para o Hospital da Criança, uma vez que a maioria das crianças aqui internadas são oriundas de famílias carentes. Inúmeras vezes nossa equipe de enfermagem e assistência social detecta que tais famílias não tem itens de higiene pessoal para o bem estar de seus filhos. Com estas doações dos jovens da Ordem DeMolay e Filhas de Jó, teremos condições de continuar disponibilizando itens como fraldas por exemplo, o que nos proporciona a investir recursos economizados em outros itens essenciais para assistência médico hospitalar aos pacientes que aqui são atendidos”, disse o administrador Marcos Neres.

De acordo com o presidente da diretoria executiva da AHLVF, Severino Teixeira da Silva Filho, costumeiramente instituições filantrópicas efetuam doações de materiais e suprimentos. “Tais doações possibilitam auxiliam em mantermos nossa missão à frente das atividades de administração de instituições hospitalares. Temos como premissa bem atender a todos que necessitarem de assistência médico hospitalar. A missão de nossa instituição é voltada principalmente ao atendimento das pessoas mais necessitadas e desprovidas de condições financeiras para tratamento de saúde. Por isso mantemos estampada e presente nossa missão: ‘ser uma instituição comprometida com a saúde, prestando serviços de excelência para a melhoria na qualidade de vida do cidadão’, o que nos impele e nos compromete a praticar o bem”, disse o presidente da diretoria executiva da AHLVF, Severino Teixeira da Silva Filho.

Ordem DeMolay

A Ordem DeMolay é uma sociedade discreta de princípios filosóficos, fraternais, iniciáticos e filantrópicos, para jovens do sexo masculino com idade compreendida entre os 12 e os 21 anos. É uma organização neo-templária fundada nos Estados Unidos, em 18 de Março de 1919, pelo maçon Frank Sherman Land patrocinada e mantida pela Maçonaria, oficialmente desde 1921, que na maioria dos casos cede espaço para as reuniões dos Capítulos DeMolays e Priorados da Ordem da Cavalaria – denominações das células da organização.

Ordem Internacional das Filhas de Jó

As Filhas de Jó Internacional1 é uma Ordem discreta de princípios fraternais, filosóficos, iniciáticos, e filantrópicos, apoiada pela Maçonaria e destinada à jovens do sexo feminino entre 10 e 20 anos (incompletos), visando aperfeiçoamento do caráter através do desenvolvimento moral e espiritual encontrados nas Sagradas Escrituras, a lealdade para com a bandeira do seu país, o amor filial e o serviço à comunidade. A Ordem é baseada nos ensinamentos Bíblicos sobre a vida de Jó, sua paciência perante aos desafios e provações pelos quais teve de passar. O nome desta Instituição Paramaçônica se refere às três filhas de Jó: Quézia (fé), Jemima (pureza) e Keren-Happuch (triunfo da fé), que são citadas na Bíblia como as “mulheres mais justas de toda a Terra”.

  • COMPARTILHAR