Hospital da Criança recebe doações de voluntárias de escola estadual

Hospital da Criança recebe doações de voluntárias de escola estadual

Direção e voluntárias da Escola Estadual Antônia Gazino de Freitas, do município de Lajeado Grande/SC estiveram visitando Hospital da Criança (HC) de Chapecó. Na oportunidade doaram 93 unidades de “polvos” de crochê (bonecas e bonecos). A idealizadora da ação Silvana Pereira, diretora daquele educandário contou com participação de senhoras voluntárias da comunidade da unidade escolar. De acordo com a diretora, todas as peças foram produzidas manualmente. O material já está disponibilizado aos pequenos pacientes do HC.

Conforme o administrador do HC, Marcos Neres, avalia que as doações realizadas demonstram interação da comunidade regional com as atividades do Hospital da Criança. “Isso ocorre porque existem pessoas preocupadas com o próximo, numa corrente de bondade e amor. A essas dedicadas senhoras a nossa gratidão”, acentua Neres.

Administrado pela Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), o HC atende diariamente cerca de 200 crianças no pronto socorro oriundas de inúmeros municípios da região do grande Oeste Catarinense. De acordo com o presidente da filantrópica AHLVF, Severino Teixeira da Silva Filho, é prestada assistência médico hospitalar com internamento na Pediatria, onde mais de 250 crianças todos os meses são assistidas em função das mais diversas enfermidades. Bem como ala de Oncologia Pediátrica é uma grande conquista em favor de crianças que até pouco tempo precisavam ser levadas até o litoral para receberem atendimento médico especializado pelo Sistema Único de Saúde. “Vivemos nova realidade graças ao empenho das lideranças e da comunidade, e isso é conquista para prestarmos serviços de excelência indistintamente a todos que necessitam de atenção através do SUS”, destaca Severino Teixeira.

De acordo com o presidente da diretoria executiva da AHLVF, Severino Teixeira da Silva Filho, costumeiramente instituições filantrópicas efetuam doações das mais diversas naturezas. “Tais doações mostram que a comunidade está mobilizada nesta causa e nos alegra que estas ações surgem espontânea e voluntariamente. Atitudes dessa natureza nos deixam com sentimento de esperança na construção por um mundo melhor e fraterno, reforçando nossas ações em favor do semelhante”, asseverou Silva Filho.

  • COMPARTILHAR