HRO e HC registraram mais de 1,6 mil atendimentos no feriadão de carnaval

HRO e HC registraram mais de 1,6 mil atendimentos no feriadão de carnaval

Durante os cinco dias de feriadão de carnaval em Chapecó, os hospitais públicos HRO – Hospital Regional do Oeste, e HC – Hospital da Criança atenderam 1.684 pessoas, 6,51% a mais que os cinco dias de feriadão de carnaval no ano passado. O período registrado foi das 17h30min do dia 13 de fevereiro, até as 13h00min desta quarta-feira, 18.

Entre os atendimentos a pacientes que acorreram ao HRO, as principais causas foram: acidentes de trânsito, acidentes domésticos, acidentes de trabalho, agressão física, vítima de arma de fogo, entre outras. Já os que buscaram por atendimento no HC, os registros apontam como possíveis causas ferimentos diversos, tais como: trânsito, quedas, cortes, entre outros, entre outros. Para cerca de 30% dessa demanda foi necessário utilizar exames por imagens como ressonância magnética, tomografia e Raio-X, além de procedimentos cirúrgicos e internações inclusive nas UTI adulta e Neo-Natal. Do total de 1.684 atendimentos, 1.017, (8,54% a mais que mesmo período do ano passado), foram pacientes com idade acima de 13 anos, os quais foram atendidos no pronto socorro do HRO. Os demais 667, (3,57% a mais que mesmo período do feriadão no ano passado), foram crianças abaixo dos 12 anos, 11 meses e 29 dias, as quais foram atendidas no pronto atendimento do HC.

De acordo com dados registrados pelo setor de Tecnologia da Informação e apurados pelo departamento de Estatísticas, em ambas unidades hospitalares foram internados no feriadão 279 pessoas, ou seja: 39,5% a mais que o feriadão de 2014. A movimentação do feriado de carnaval também exigiu demandas no Centro Cirúrgico, Ortopedia, Neurocirurgia, Clínica Médica, Oncologia, Maternidade, Centro Obstétrico, UTI adulta e, UTI neo-natal, sendo estas últimas unidades com taxa de ocupação média em 88,23% (9,93% a menos que feriadão de 2014) na UTI adulta, ao passo que 80% (20% a menos que o mesmo período de feriadão de 2014) na UTI neo-natal. Ainda foram realizadas entre o Centro Cirúrgico do HRO e do HC 148 cirurgias, perfazendo 37,04% a mais que o feriado de carnaval 2014. Parte dos procedimentos cirúrgicos para atendimento a vítimas de acidentes, além de procedimentos cirúrgicos nas especialidades de cabeça pescoço, neurocirurgia, vascular, cesarianas, oncologia entre outras, exigindo atuação de diversas especialidades médicas. Por outro lado, foram registrados durante os cinco dias entre final de semana e feriado de Carnaval, 20 óbitos por causas diversas, ao passo que nasceram no Centro Obstétrico do HRO 45 crianças (correspondendo a 60,71% a mais que o feriado do ano passado), cujos recém nascidos e suas mamães foram e estão sendo assistidas na Maternidade do Hospital Regional do Oeste.

Para atender as demandas, administração do HRO e HC manteve mobilizadas equipes médicas de diversas especialidades atuando no plantão 24 horas e sobreaviso, além de escalonar equipes de enfermagem, manutenção e apoio administrativo. “Não medimos esforços para garantir à comunidade serviços de saúde com qualidade e resolutividade para fazer frente às demandas, tanto local quanto regional”, avaliou Rogério Getúlio Delatorre, vice-presidente da diretoria executiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade filantrópica que administra os hospitais públicos HRO e HC.

  • COMPARTILHAR