Recorde de atendimento em pronto socorros no HRO e HC

Recorde de atendimento em pronto socorros no HRO e HC

Entre as 18 horas do dia 31 de outubro até as 18 horas do dia 04 de novembro, foram tendidos no no pronto socorro (PS) do Hospital Regional do Oeste (HRO) e pronto atendimento do Hospital da Criança (HC) em Chapecó, 2.068 pacientes. Destes, 78% oriundos de Chapecó e 22% de outros municípios.

Neste mesmo curto espaço de tempo, apenas quatro dias, foram realizadas 105 cirurgias no HRO e 21 no Hospital da Criança. Foram internadas 225 pacientes no HRO e 58 no HC. Essa demanda representa uma taxa de ocupação hospitalar que beira aos 100%. Diante do quadro excessivo de procura por atendimento hospitalar, administração das duas unidades pede a compreensão da população para que somente procure por atendimento no pronto socorro do HRO ou do HC em casos de extrema e urgente necessidade.

De acordo com relatório do setor de Tecnologia da Informação, as maiores demandas foram registradas no dia 02 do corrente, quando somente no PS do HRO 416 pessoas. Ainda de acordo com a direção técnica e administração dos dois hospitais públicos, a prioridade no atendimento é de acordo com a gravidade de cada caso. Isso corresponde a dizer que se um determinado paciente chegar a uma das unidades e, outro que chegar após, o que chegou primeiro poderá ficar aguardando por até quatro horas e meia até ser atendido. Tudo depende da gravidade de cada caso, uma vez que o pronto socorro é uma unidade especializada e credenciada para atendimentos de urgências e emergências. Por isso casos não graves, os chamados ambulatoriais, precisam aguardar as demandas urgentes terem o atendimento necessário, para depois então as consultas corriqueiras chegarem ao consultório do médico plantonista.

Somente no mês de outubro, entre o pronto socorro do HRO e pronto atendimento do HC, foram atendidos 17.373 pacientes. Destes, 10.122 no HRO e 7.251 no HC. Isso corresponde a uma média de atendimentos no pronto socorro do HRO de 337, 4 pacientes por dia, ou ainda 14,06 pacientes por hora. Já no HC a média fica na casa de 241,7 por dia, equivalendo a 8,06 atendimento de pacientes por hora.

Essa sobrecarga de demanda nas duas unidades vem preocupando administração, direção técnica, direção clínica e corpo funcional das duas unidades hospitalares. O fato já é de conhecimento das autoridades municipais como estaduais e federais.

SAIBA MAIS

As maiores demandas registradas no mês de outubro nos hospitais de Chapecó, HRO e HC foram:
* Número de atendimentos nos Pronto Socorros: 17.373 (10.122 no HRO e 7.251 no HC);
* Número de Internações no período: 2.313 (1.933 no HRO e 370 no HC);
* Número de Cirurgias: 1.443 (1.219 no HRO e 224 no HC).

  • COMPARTILHAR